Entre 1939 e 1945 o mundo enfrentou um intenso combate, que não aconteceu somente em terra. O mar também foi cenário ou caminho para o ataque. Mas isso só foi possível graças à existência de grandes embarcações, como os submarinos da Segunda Guerra.

Alguns deles eram tão grandes e potentes que não carregavam só armamento, mas até aviões. Saiba mais sobre alguns deles, que se destacam justamente pelo tamanho!

I-400 – Os maiores submarinos da Segunda Guerra

Pertencente à Marinha Imperial Japonesa, os I-400 eram os gigantes da época, com 122 metros de comprimento, 12 metros de largura e mais de 6.500 toneladas. De fato, eles foram os maiores construído na Segunda Guerra e tinham uma poderosa função: carregam até três aviões submersos para qualquer lugar do mundo.

Isso mesmo, esses submarinos japoneses eram porta-aviões do modelo Aichi M6A. Eles conseguiam emergir do mar para fazer o lançamento das aeronaves e, logo em seguida, submergir rapidamente, sem chamar a atenção dos inimigos. Além disso, tinha a capacidade para dar uma volta e meia no globo.

Após a guerra, e devido à alta tecnologia que tinham, os I-400 contribuíram com o desenvolvimento de submarinos balísticos nucleares.

U-48 – O poderoso submarino da Alemanha

O Unterseeboot U-48 é outro dos grandes submarinos da Segunda Guerra Mundial. Embora seja bem menor que o I-400, ainda assim ele se destaca. Ao todo, tem 66,5 metros de comprimento, mais de 6 metros de largura e cerca de 750 toneladas.

Vale mencionar que esse foi o submarino da Kriegsmarine com mais êxito em suas missões. Foram 51 navios afundados e 3 danificados, o que contribuiu com uma grande baixa de navios.

Uma curiosidade do U-48 é que ele foi afundado pela própria tripulação, que abriu buracos no casco do submarino. Isso aconteceu no mês de maio de 1945, em Neustadt, na Alemanha.

Classe K – Os maiores da União Soviética

Um dos maiores submarinos da Segunda Guerra Mundial, o Classe K, pertenceu à Marinha soviética, que, por sinal, tinha uma das maiores frotas de embarcações desse tipo na época.

Só o comprimento desse submarino atingia quase 100 metros e ele carregava um intenso armamento, com seis tubos de torpedos, além de canhões de até 100 milímetros. Por esse e outros fatores, era considerado não apenas o maior, mas também o mais pesado e mais bem armado submarino da União Soviética.

O maior problema dessas embarcações era a falta de conforto proporcionada à tripulação. Ainda assim, a Classe K contribui significativamente com a vitória da URSS.

Para saber mais sobre os equipamentos usados nesse período, continue navegando pelo blog da Rafale Calçados e veja também os veículos blindados de combate da Segunda Guerra Mundial.