Estabilidade, bom salário, benefícios, possibilidade de ascensão profissional e o prestígio de defender o país. Essas são apenas algumas das características do trabalho militar, que atrai diversos jovens e adultos de diversos lugares do país. Mas você sabe como entrar no Exército de forma que consiga construir uma carreira?

Neste artigo explicamos exatamente isso! Confira as possibilidades de ingresso, os requisitos necessários e prepare-se para garantir o seu futuro em uma das Forças Armadas.

Como entrar no Exército – 1ª opção

A primeira opção para entrar no Exército Brasileiro, e a mais tradicional também, é por meio do alistamento ao serviço militar, que é obrigatório para todos os jovens do sexo masculino no ano em que se completa a maioridade.

O alistamento permite que o jovem atue no serviço militar por 12 meses, com possibilidade de prorrogação. No entanto, quem opta por essa forma de ingresso não consegue construir uma carreira muito longa, já que, neste caso, existe um limite de tempo de serviço de apenas sete anos!

Como entrar no Exército – 2ª opção

A segunda opção de como entrar no Exército é por meio de concurso público, que, ao contrário da alternativa anterior, aceita o ingresso tanto de homens quanto de mulheres e não tem limite de serviço, ou seja, permite a construção da tão sonhada carreira militar.

O concurso pode ser feito a partir dos 16 anos de idade, quando é possível ingressar na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, até os 36, por meio de concursos feitos por diversas escolas militares.

Requisitos globais para seguir carreira militar

Mesmo quem não opta pelo alistamento e prefere prestar concurso, a fim de seguir carreira militar, precisa cumprir os requisitos globais para entrar no Exército. Mas não há motivos para preocupação, pois as exigências são apenas duas:

  1. Os homens precisam ter 1,60, de altura, e as mulheres 1,55;
  2. Quem deseja ser oficial, obrigatoriamente precisa ser brasileiro nato. E quem deseja ser praça, precisa ser brasileiro nato ou naturalizado.

Existem ainda outros requisitos para ingresso, tais como: ter ensino médio completo ou algum curso superior específico. Porém, isso varia de acordo com o cargo pretendido e também com a escola que está organizando o concurso. Por isso, sempre é recomendável checar os editais.

Caso seja aprovado, o novo membro pode continuar no Exército até a Reserva Remunerada, que nada mais é do que uma espécie de aposentadoria voltada para os profissionais militares.

Agora que já sabe como entrar no Exército, qual será a sua escolha? Vai prestar concurso para seguir carreira na Força Armada? Deixe o seu comentário e continue navegando no blog da Rafale!