Qual a função dos Bombeiros Militares? Na nossa Constituição Federal, o artigo 144, explica quais são os tipos de polícias e as funções de cada uma. Com relação ao CORPO DE BOMBEIROS MILITARES, a constituição diz que esta é uma força auxiliar e reserva do Exército e subordina-se aos Governadores dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.

Os Corpos de Bombeiros Militares são corporações cuja principal missão consiste na execução de atividades de Defesa Civil, Prevenção e Combate a Incêndios, Buscas, Salvamentos e Socorros Públicos no âmbito de suas respectivas Unidades Federativas.

Hierarquia dos Bombeiros Militares

Origem e História do Corpo de Bombeiros Militares do Brasil

Confira uma breve história do Corpo de Bombeiros do Brasil.

1763 – uma repartição dedicada ao combate de incêndios foi criada no Rio de Janeiro.

1856 – No Brasil, a primeira Corporação de Bombeiros foi criada pelo Imperador D.Pedro II em 1856. No início ela não possuía caráter militar e foi somente em 1880 que seus integrantes passaram a ser classificados dentro de uma hierarquia militarizada. Em 1856 o Corpo de Bombeiros recebeu sua primeira bomba a vapor, especialmente destinada aos incêndios à beira-mar, podendo ser embarcada para extinção de incêndios abordo e transportada por 20 (vinte) homens.

1881 – Foi promulgado o novo regulamento do Corpo de Bombeiros da Corte que institui pela primeira vez o caráter de força auxiliar do exército. E em 17 de dezembro de 1881 é criado o primeiro Estado Maior em um Corpo de Bombeiros, sendo esse o Estado Maior do Corpo de Bombeiros da Corte.

1895 – Em 19 de junho desse ano, completando o importante melhoramento introduzido no ano anterior, qual seja a instalação da enfermaria, foi inaugurada a farmácia. Passaram assim os bombeiros a ter tratamento no quartel e os medicamentos para os oficiais, praças e suas famílias, aí fornecidos, aviando-se os receituários. Podemos afirmar que data desta época a criação do serviço médico social da Corporação.

1917 – A Brigada Policial e o Corpo de Bombeiros da Capital Federal tornaram-se oficialmente Reservas do Exército; condição essa a seguir estendida aos Estados. Nesse período os Corpos de Bombeiros, como integrantes das Forças Estaduais, participaram com brio dos principais conflitos armados que atingiram o país.

Curiosidades sobre o Corpo de Bombeiros Militares

Devido os riscos de incêndio nos antigos navios de madeira, os primeiros bombeiros militares surgiram na Marinha, porém, eles existiam apenas como uma especialidade, e não como Corporação. Eles atuavam, principalmente, bombas d’água, que eram dispositivos em madeira, ferro e couro.

No dia 02 de julho comemora-se o Dia do Bombeiro. A data foi decretada oficial no Brasil no ano de 1954.

Hoje em dia podemos acessar o corpo de bombeiros através do telefone 193.

O Estudo “Confiança nas Profissões” de 2016, realizado pela GfK, coloca os bombeiros no topo da lista entre as profissões mais confiáveis pela população.Os Bombeiros são o grupo profissional mais confiável e esta avaliação é transversal a todos os continentes, sendo que têm a honra de ser o grupo profissional mais confiável em 16 dos 27 países em estudo. Com exceção do Quênia (66%) e da Nigéria (55%), pelo menos 80% dos cidadãos de cada país confiam nesta profissão, sendo que em muitos países o índice chega a ser superior a 90% e recolhe o máximo de confiança de 100% no Irão.

Você já leu nossa postagem sobre filmes de bombeiros? Clique aqui para conferir!

Patrono e Padroeiro dos Bombeiros

Os Corpos de Bombeiros Militares têm por Patrono o Imperador D. Pedro II e como padroeiro São Florêncio.

A figura do Imperador representou uma grande nobreza de espírito e coração; tendo recebido excelente educação e disciplina, ficou conhecido como um Monarca humano, sábio, justo, honesto, pacifista e tolerante. Era admirador sincero da modernidade, e foi o criador do primeiro Corpo de Bombeiros do Brasil, em 2 de julho de 1856; data em que se passou a comemorar o Dia Nacional do Bombeiro e a Semana de Prevenção Contra Incêndios. A mais alta condecoração leva o seu nome, Medalha da Ordem do Mérito Imperador Dom Pedro II.

Considerado o Padroeiro dos Corpos de Bombeiros do Brasil, São Floriano nasceu na Áustria, no século III. Foi um grande soldado romano e é conhecido pela sua inabalável fé, na ocasião em que o seu comandante, o imperador Diocleciano, havia mandado matar um grupo de cristãos. São Floriano por sua vez negou, e confessou sua fé, sendo preso e torturado e forçado a renunciar. Ele pagou com a vida, pois os outros soldados amarraram  seu pescoço numa grande pedra e o jogaram no rio.

Qual a função dos Bombeiros Militares? Áreas de Atuação do Corpo de Bombeiros do Brasil

Qual a função dos Bombeiros Militares? Apesar de terem sido inicialmente constituídos com a função de combate a incêndios, a função dos bombeiros militares alargaram-se para quase todas as áreas da proteção civil. Conforme o país e o corpo de bombeiros, as várias áreas de intervenção dos bombeiros são:

Função dos Bombeiros Militares

Combate a incêndios florestais;
Combate a incêndios urbanos;
Combate a incêndios industriais;
Combate a incêndio em aeródromos (SESCINC);
Resgate em grande ângulo;
Emergência médica pré-hospitalar;
Salvamento aquático ou afogamentos;
Desencarceramento em acidentes rodoviários e ferroviários;
Intervenção em incidentes eléctricos;
Intervenção em incidentes hidráulicos;
Intervenção em incidentes com matérias perigosas;
Intervenção em incidentes com redes de gás;
Corte de árvores em risco iminente de queda;
Captura de animais correndo ou oferecendo risco;
Resgate de corpos ou bens submersos;
Prevenção contra incêndio e pânico.

Veículos usados pelo Corpo de Bombeiros

Veículos de combate a incêndios (ligeiros VLCI), (urbanos VUCI), (rurais VRCI), (florestais VFCI) e (especiais VECI);
Veículos tanque tácticos (urbanos VTTU), (rurais VTTR) e (florestais VTTF);
Veículos tanque de grande capacidade (VTGC);
Veículos com equipamento técnico de apoio (VETA);
Veículos de apoio alimentar (VAPA);
Veículos de apoio a mergulhadores (VAME);
Veículos com escada giratória (VE-X sendo x número de metros da escada);
Veículos com plataforma giratória (VP-X);
Veículos de socorro e assistência (tácticos e especiais VSAT;VSAE);
Veículos de proteção multirriscos (tácticos e especiais VPMT;VPME;);
Veículos de comando táctico (VCOT);
Veículos de comando e comunicações (VCOC);
Veículos de gestão estratégica e operações (VGEO);
Veículos de transporte de pessoal (táctico e geral VTPT;VTPG);
Veículos para operações específicas (VOPE).
Veículos de socorro e assistência a doentes
Ambulâncias de transporte de doentes (ABTD);
Ambulâncias de transporte múltiplo(ABTM);
Ambulâncias de socorro (ABSC);
Ambulâncias de cuidados intensivos (ABCI);
Veículos de socorro e assistência médica (VSAM).
Veículos de intervenção aquática
Botes de reconhecimento e transporte (pneumáticos e semi-rígidos);
Botes de socorro e resgate (pneumáticos e semi-rígidos);
Lanchas de transporte geral;
Motos de reconhecimento e salvamento aquático.
Meios aéreos
Helicópteros de avaliação e coordenação;
Helicópteros bombardeiros (ligeiros, médios e pesados);
Aviões de reconhecimento e coordenação;
Aerotanques (ligeiros, médios e pesados).

Canção do Soldado do Fogo – Corpo de Bombeiros

Letra: Tenente Sérgio Luiz de Matos
Música: Capitão Antônio Pinto Júnior

Bota Militar para Bombeiros

Profissionais da área de Resgate, SAMU e Bombeiros, necessitam de calçados que ofereçam leveza, conforto e segurança, para desempenharem suas funções com agilidade e precisão. E foi diante dessas necessidades que Rafale desenvolveu Bota Resgate Plus Bombeiro- Cano Longo.

A segurança é a característica principal dessa bota, que possui protetores e dispositivos exclusivos Rafale.

CLIQUE AQUI para ver mais detalhes (e comprar) esse modelo de bota para Bombeiros.