Little Boy e Fatman: Esses são os nomes dados as duas bombas que destruíram, respectivamente, Hiroshima e Nagasaki no ano de 1945.

Garotinho e homem gordo: essas são as traduções de Little Boy e Fatman, as bombas atômicas que foram jogadas sobre as duas cidades japonesas.

Há muitas curiosidades que ainda permeiam esse fatídico dia. Aliás, você sabia que a ideia da criação de uma Bomba atômica através de uma perversão da famosa equação de Einstein, E = mc², que possibilitou a cientistas de guerra alcançar explosões gigantescas utilizando pouca matéria. Albert Einstein, claro, nunca aprovou isso e viveu atormetando com o poder de destruição.

Segundo consta na história, uma delas é que os Estados Unidos havia escolhido três cidades para o ataque de 6 de agosto de 1945 – Hiroshima, Kokura e Nagasaki – duas delas seriam escolhidas e tudo ia depender das condições climáticas, pois era necessário ter boa visibilidade para lançar a bomba.

A cidade de Hiroshima era a principal delas por ser uma cidade portuária de importância militar. Além disso, era uma das únicas cidades ainda intactas no Japão. As forças americanas sabiam, no entanto, que 85% da população local, de um total de 350 mil habitantes, era civil. O dia ensolarado permitiu que o plano fosse levado adiante.

A visibilidade de Kokura não era boa, por isso a opção foi por Nagasaki, que estava com condições um pouco melhores. Nagasaki não era prioritária porque já havia sido bastante bombardeada durante a guerra.

Detalhes sobre as bombas Little Boy e Fatman

A bomba tinha o apelido “Little Boy” (“Garotinho”) tinha 60 quilos de urânio 235 e tinha o poder destrutivo de 13 mil toneladas de explosivo.

Little Boy não chegou a tocar o chão de Hiroshima. Explodiu a 617 metros do solo. A temperatura chegou a 5,5 milhões de graus centígrados no centro da cidade. Tudo o que existia num raio de 500 metros do centro foi incinerado, e quase todas as pessoas que estavam a um raio de 800 metros morreram.

Fatman foi detonada a uma altitude de cerca de 550 metros sobre a cidade de Nagasaki. A bomba atômica tinha 2,34 metros de comprimento, 1,52 metro de diâmetro e 4.545 kg. Fatman tinha uma potência de 21 kilotons, 8,4×1013 joule = 84 TJ, uma potência praticamente duas vezes maior que a Little Boy. Mas os estragos foram “menores”, pois o tempo de Nagasaki também não estava muito bom.

12 curiosidades sobre o ataque que destruiu Hiroshima e Nagasaki

1) A radiação espalhada pelas bombas Little Boy e Fatman de Hiroshima e Nagazaki só não foi maior porque elas explodiram antes de tocar o chão, as bombas foram projetadas para explodir ainda no ar maximizando o efeito de destruição, porém diminuindo o efeito radioativo.

2) Um outro, chamado Shigeki Tanaka, estava no bombardeio de Nagasaki e saiu ileso. Depois disso, foi até Boston e ganhou a maratona anual da cidade, em 1951, só pra comemorar.

3) O japonês Tsutomu Yamaguchi, o único sobrevivente das duas bombas atômicas reconhecido pelo governo do Japão, morreu no dia 4 de janeiro de 2010, aos 93 anos, vítima de um câncer no estômago. Em 6 de agosto de 1945, ele estava em Hiroshima a negócios, quando a cidade foi bombardeada. Apesar de queimaduras severas, Yamaguchi conseguiu retornar à sua casa, na cidade de Nagasaki. Lá, sobreviveu mais uma vez a um ataque atômico.

4) A força dos EUA, antes de atacar a cidade, distribuiu panfletos em Hiroshima como advertência

5) 3. A Chama da Paz em Hiroshima queima desde 1964 em honra das vítimas e será extinta somente quando todas as armas nucleares forem removidas do mundo e a Terra estiver livre de ameaças nucleares

6) Godzilla foi criado pelo Japão como uma reação aos bombardeios de Hiroshima: o próprio monstro desova como resultado das detonações nucleares de Hiroshima e Nagasaki.

7) A espirradeira é a flor oficial da cidade de Hiroshima, porque foi a primeira coisa a florescer novamente depois da explosão da bomba atômica em 1945.

8) Em 1939, o físico Albert Einstein (1879-1955) informou ao presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt, que devia ser possível construir uma bomba atômica, com uma energia liberada muito superior à das armas convencionais.

9) Enrico Fermi era um desses cientistas. Em 1942, foi o primeiro físico a produzir uma reação atômica em cadeia sob controle, comprovando assim a teoria de Einstein. O experimento secreto aconteceu em um laboratório de Chicago.

10) Mais de 200 mil pessoas morreram e outras milhares ficaram marcadas para sempre.

11) Tanto em Nagasaki quanto em Hiroshima, quem escapou da tragédia nuclear é chamado de “hibakusha”, que significa sobrevivente da bomba. Dos 60 hibakushas que morreram em 2013, quase 57% foram vítimas de diversos tipos de câncer, principalmente no pulmão.

12) Um abrigo longe do centro de Nagasaki cuida de centenas de hibakushas. O papa João Paulo segundo esteve lá em 1981. Os 350 leitos estão ocupados. São pessoas que desenvolveram doenças relacionadas à bomba ou simplesmente não suportaram a rejeição. (fonte de 2015).