Siga a Rafale no Facebook

Especial duas rodas: 5 dicas básicas de mecânica de motos para não passar aperto

Especial duas rodas: 5 dicas básicas de mecânica de motos para não passar aperto

Quem já pega estrada em duas rodas há tempos, com certeza já se deparou com problemas simples na parte mecânica da moto, mas que podem dar uma baita dor de cabeça. Pior ainda quando se é iniciante no motociclismo e ainda não se tem noções básicas de mecânica, podendo ficar na mão a qualquer momento.

Anote as 5 dicas de mecânica de motos que podem fazer a diferença naquela sua viagem, ou mesmo no dia a dia pelas ruas da cidade.

  • Lubrifique sempre as correntes

Essa primeira dica de mecânica de moto é bem básica e, se você já tem a sua moto, também tem a noção de que lubrificar as correntes é indispensável para a boa manutenção do veículo.

O ideal é que a lubrificação seja feita a cada 500km, mas vai depender do modelo da motocicleta e da recomendação do fabricante.

O processo evita o desgaste antecipado das correntes e da relação. Sem a lubrificação constante, a relação fica altamente comprometida e a corrente pode cair, colocando em risco a vida do motociclista.

A lubrificação também deve ser constante em motocicletas com transmissão via eixo cardam ou correia, mas isso deve ser feito com lubrificantes específicos. Já em motos de corrente, a lubrificação deve ser feita preferencialmente com óleo 90, mas sem exagero. A graxa deve ser evitada, pois em pouco tempo acumula no local.

  • Verifique cada parafuso

Parafusos soltos podem ser um grande perigo para você que usa a moto para se locomover no dia a dia, ou que pega estrada constantemente.

Os parafusos da sua motocicleta suportam longas horas de vibração constante, impacto e pressão direta. Por isso, merecem um pouco da sua atenção.

Se algo se solta na estrada, a sua segurança está altamente comprometida, além de colocar em risco as pessoas que trafegam na mesma via.

Por isso, verifique cada parafuso da sua motocicleta constantemente, ou solicite que o mecânico faça isso durante a manutenção de rotina.

  • Confira as suspensões

Não deixe de verificar as suspensões da moto sempre que possível.

Fique atento a possíveis vazamentos do fluído da suspensão dianteira, regule as molas da suspensão traseira e peça para seu mecânico dar uma atenção especial a elas.

  • Confira cabos e freios

Não preciso nem dizer o quanto os freios são importantes para a sua segurança. Um simples problema nos freios pode ser fatal para você.

Além disso, os cabos que acionam os freios, a embreagem e outros componentes da moto merecem atenção, já que são igualmente indispensáveis para a sua segurança.

Nunca deixe faltar fluído de freio, verifique a lubrificação dos cabos e solicite que seu mecânico teste cada componente em toda verificação de rotina.

  • Lave e conserve sua moto

A lavagem da moto não é um simples processo estético. A conservação do veículo pode fazer a diferença também em sua segurança e performance.

Lavar a moto e os componentes, sempre respeitando as recomendações do fabricante, é essencial para preservar a vida útil da sua moto.

Dica Extra: use sempre equipamentos de segurança

Se você deixou de fazer um desses passos importantíssimos, tenha sempre a certeza de que pelo menos não deixou de usar os equipamentos de segurança.

Capacete é o básico, mas também invista em jaquetas e botas de proteção para uma viagem mais segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + três =