Dia do Marinheiro: E aí guerreiros, tudo certo? O post de hoje é uma homenagem ao DIA DO MARINHEIRO, uma data militar comemorada em 13 de dezembro. Nossa ideia é que você conheça um pouco sobre a história, o ofício e também algumas frases sobre Marinheiro.

O marinheiro, por outro lado, está constantemente na presença de uma força maior que ele mesmo. Ele sente o tempo através do balanço e do caturro de seu navio. Uma vez no mar, não é uma questão simples voltar para a terra, não há passeios no shopping, não existe energia de terra, não há telefone para saber notícias, não há carteiro diariamente ou jornal para se manter em contato com o mundo, não existe licença para aliviar as tensões de um dia, e nem há a presença nem o conforto da família.

Quando é comemorado o Dia do Marinheiro?

Dia do Marinheiro, no Brasil, é celebrado no dia do nascimento de Joaquim Marques Lisboa, 13 de dezembro. Neste dia costumam ocorrer formaturas da marinha em cidades que sediam Organizações Militares da Marinha. Os marinheiros do Brasil celebram, em dezembro, data que lhes é dedicada.

O que é faz um marinheiro?

A Marinha é parte das Forças Armadas da Nação, que incluem também o Exército e a Aeronáutica. As Forças Armadas da Nação são responsáveis por zelar pela defesa da pátria e garantir os poderes constitucionais.

Como se tornar um Marinheiro?

Para ingressar nessa força o interessado tem duas opções: como militar de carreira ou pelo Alistamento Militar, indispensável para todo jovem brasileiro do sexo masculino, de acordo com a Lei do Serviço Militar (lei No 4.375, de 17 de agosto de 1964). O processo de seleção é informatizado e impessoal, segundo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Defesa e pela necessidade de contingente das três Forças.

O Ingresso na Marinha do Brasil, para provimento no quadro funcional efetivo de carreira, ocorre por meio de concursos públicos destinados a candidatos de ambos os sexos, com as mais variadas formações de níveis de escolaridade (fundamental, médio ou superior) em diversas áreas de atuação e formação.

Dia do Marinheiro: qual a função de um Marinheiro?

O Marinheiro é o profissional responsável pela defesa das áreas litorâneas e das plataformas continentais brasileiras. Um Marinheiro orienta e controla a Marinha Mercante (conjunto de navios que transportam mercadorias e realizam comércio), na defesa dos interesses nacionais.

O marinheiro é um auxiliar de operações marítimas, seja em embarcações privadas ou públicas. O marinheiro soldado da Marinha é um militar, portanto suas funções são as de um militar – proteger e garantir a soberania da nação.

Quais os tipos de marinheiros?

Além dos marinheiros dos departamentos, as marinhas ainda têm profissionais com determinadas especialidades, que podem ou não, servir a bordo de navios, tais como:

Fuzileiros navais.
Músicos.
Mergulhadores.
Agentes de autoridade marítima.

Vídeo da Canção do Marinheiro: Cisne Branco Hino da Marinha do Brasil

O “CISNE BRANCO” foi composto com letra de Benedito Xavier de Macedo e música do 1º Sargento do Exército Antonino Manoel do Espírito Santo. A canção traduz, em seus belos versos e acordes, toda a beleza e majestade da Marinha brasileira. Traduz o que há de mais puro, no coração do brasileiro – o seu orgulho e o seu amor por este país fantástico.

Quem foi Joaquim Marques Lisboa, Patrono da Marinha

O Almirante Joaquim Marques Lisboa e Marques de Tamandaré – O Nelson Brasileiro, é por tradição, cultuado patrono da Marinha do Brasil por representar a História Naval Brasileira.

Nascido em 1807, na cidade de Rio Grande, estado do Rio Grande do Sul, começou a sua longeva carreira aos 15 anos, como voluntário da Armada, indo servir na Fragata “Niterói” e tomando parte na campanha pela consolidação da Independência.

Em seguida, foi matriculado na Academia Imperial; porém, antes de concluir o curso, seguiu para combater na revolta conhecida como “Confederação do Equador”. Seu desempenho foi tão destacado que o Imperador promoveu-o ao posto de Segundo-Tenente, o que lhe facultou alcançar o oficialato. Posteriormente, participou da Guerra Cisplatina, onde se distinguiu, recebendo seu primeiro comando de navio aos 18 anos de idade.

Participou de vários movimentos internos. Seu heroísmo foi provado não só em batalhas, mas também em época de paz, como quando salvou a nau portuguesa “Vasco da Gama”, que afundava, e também a tripulação e os passageiros de um navio inglês que se incendiava. Foi Ministro do Supremo Tribunal Militar, do qual aposentou-se pouco antes de morrer.

A escolha de seu nome para Patrono da Marinha não podia ser melhor. Quando foi proclamada a República, Tamandaré continuou na ativa, pois considerava-se um servidor do Brasil e não de um regime (era monarquista). A data de seu nascimento é comemorada como o Dia do Marinheiro.

Faleceu, no Rio de Janeiro, em 20 de março de 1897, deixando, em seu testamento, um último pedido, o qual resume bem o seu caráter e a sua postura de vida: “Como homenagem à Marinha, minha dileta carreira, em que tive a fortuna de servir à minha Pátria e prestar alguns serviços à humanidade, peço que sobre a pedra que cobrir minha sepultura se escreva: Aqui jaz o velho marinheiro!”

Frases sobre Marinheiro

Confira uma seleção de frases para comemorar o DIA DO MARINHEIRO.

O vento e as ondas estão sempre do lado dos melhores marinheiros. (Edward Gibbon)

Às vezes Deus acalma as tempestades, às vezes Ele acalma o marinheiro. Outras Ele nos ensina a nadar. ( Desconhecido)

Faça como o velho marinheiro, que durante o nevoeiro põe seu barco devagar! (Paulinho da Viola)

Mares calmos não fazem um bom marinheiro. (The Walking Dead)

Marinheiro habilidoso não se faz em mar sereno. (Desconhecido)

E se eu fosse um marinheiro, eu iria navegar pelos sete mares, pra te dizer “baby, eu não quero que vá embora”. (Christofer Drew)

Estamos aprisionados no reino da vida, como um marinheiro em seu pequeno barco, em um oceano infinito. (Anna Freud)

É na hora da tempestade que se descobre quem são os marinheiros e quem são os ratos. (Geovani Rodrigues)

A âncora é o último refúgio do marinheiro, é a esperança no meio da tempestade, somos um pouco isso um para o outro… (Viviane da Silva Jorge)

“Não existe vento favorável para o marinheiro que não sabe aonde ir.” (Sêneca)