Siga a Rafale no Facebook

Dia do Exército: 5 fatos sobre o alistamento militar

Dia do Exército: 5 fatos sobre o alistamento militar

No dia 19 de abril, homenageamos um dos segmentos das nossas Forçar Armadas, o Exército Brasileiro.

A data é uma comemoração pela Batalha dos Guararapes, ocorrida em 1648 em Pernambuco, em que os primeiros combatentes nascidos no Brasil se juntaram às forças portuguesas pela recuperação de territórios ocupados pelos espanhóis.

Mas, hoje, não vamos falar só sobre a data que lembra a importância do Exército Brasileiro como uma entidade de proteção da nossa nação, vamos te mostrar algumas curiosidades sobre o alistamento militar que, talvez, você não saiba.

Então, prepare seu coturno, limpe bem o fuzil que a partir de agora a cobra vai fumar e você vai aprender muito sobre o nosso exército. Preparado?

O patrono do exército e defensor do recrutamento

Talvez você não saiba, mas o patrono do exército é o poeta e escritor Olavo Bilac.

O autor da letra do Hino da Bandeira e um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, defendia o recrutamento militar obrigatório para homens, no modelo adotado até hoje.

O dia do Reservista, comemorado em 16 de dezembro, é a data de nascimento do poeta.

Quem é o comandante supremo das forças armadas?

Se você está pensando em se alistar no exército, ou em qualquer outro segmento das nossas forças armadas, como a Aeronáutica e a Marinha, saiba que o seu comandante supremo será o Presidente da República eleito pelo povo.

Hoje, o comandante supremo do exército é o presidente Jair Bolsonaro, sendo antecedido pelos presidentes Michel Temer e Dilma Rousseff. O atual presidente também foi capitão do exército, tendo sido reformado em 1988.

1,6 milhões de homens no exército brasileiro

Por conta da obrigatoriedade do serviço militar, nosso exército conta com um dos maiores efetivos do mundo e o segundo maior da América Latina.

O 6° maior efetivo do mundo conta com mais de 1,6 milhões de pessoas em idade de reservista, que podem ser convocados ao exército em caso de guerra ou defesa do nosso território.

O que o Tiro de Guerra faz?

O TG é pequeno destacamento do exército, encarregado de formar atiradores e cabos de segunda categoria.

Os TG’s espalhados pelo Brasil são de responsabilidade da administração municipal. Ou seja, os prefeitos administram esses pequenos destacamentos, em parceria com o alto comando do exército, que fornece fardamento, treinamento e equipamentos.

Dentistas, veterinários e médicos podem se tornar oficiais

Quem cursa medicina, veterinária ou odontologia pode se alistar no exército como oficial, podendo chegar até a 1º Tenente, como manda a Lei de Prestação de Serviço Militar.

Esses profissionais da saúde são essenciais para o funcionamento do exército e podem ser estimulados a fazer parte das forças armadas, auxiliando os combatentes, seja em caso de guerra, seja no dia a dia dos quartéis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − cinco =