Dia do Astronauta: o Brasil comemora no dia 9 de janeiro o dia do astronauta, uma homenagem à Missão Centenário, realizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB), em 2006, e à viagem de Marcos Pontes para a Estação Espacial Internacional (ISS).

Primeiro grupo de astronautas: Mercury Seven, ou Original Seven

A Nasa anunciou em 1959 os nomes de sua primeira turma de astronautas para a imprensa e para o público. Esse primeiro grupo de astronautas foi composto por: Alan Shepard; Gus Grissom; John Glenn; Scott Carpenter; Wally Schirra; Gordon Cooper eDeke Slayton.

Sete homens foram rigorosamente escolhidos entre mais de cem pilotos de testes para participar do Projeto Mercury, cujo objetivo era realizar os primeiros voos tripulados dos Estados Unidos.

Todos os eleitos eram casados e afirmaram ter total apoio de suas esposas para participar da missão.

Um deles era John Glenn que, em 1962, foi o primeiro norte-americano a fazer um voo tripulado, na missão Friendship 7.

A bordo da cápsula Mercury MA-G, ele fez três voltas em torno da órbita da Terra, em 4 horas, 55 minutos e 23 segundos. Em 1998, Glenn também se tornou o homem mais velho a viajar no espaço, aos 77 anos.

Como ser um astronauta

É necessário ter um curso na área de ciências exatas ou ciências biológicas e a obrigatoriedade do inglês fluente. E por falar nisso, ative as legendas do vídeo acima caso você precise de legendas.

A seleção é conduzida pela própria Nasa, que avalia civis e militares. No entanto, é extremamente raro que esse tipo de processo seletivo ocorra no Brasil.

Para atingir o feito de ser o primeiro astronauta brasileiro, o major Pontes passou por um intenso treinamento na Nasa – que acumulou oito anos de duração. Motivo de orgulho para comemorarmos o Dia do Astronauta.

O Brasil também fez parte da construção da ISS, sigla em inglês para a Estação Espacial Internacional, uma moderna instalação no espaço.

Marcos Pontes: o primeiro astronauta brasileiro a ir ao espaço

Marcos Pontes, natural de Bauru-SP, foi o primeiro astronauta brasileiro a ir ao espaço. Ele é uma entre as cerca de 500 pessoas que já tiveram a chance de fazer esta viagem e ver a Terra do espaço. Para realizar essa missão, Marcos Pontes foi escolhido por meio de concurso público pela Agência Espacial Brasileira (AEB).

Durante oito anos Marcos Pontes participou de treinamentos na Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) e na Agência Espacial Russa (Roscosmos).

Ele decolou para o espaço no dia 29 de março de 2006, mas é no dia 9 de janeiro que comemoramos o Dia do Astronauta.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou o nome de Marcos Pontes, o primeiro astronauta brasileiro, tenente-coronel da reserva, para assumir o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Mulheres Astronautas americanas que fizeram história

Até 1980, as mulheres eram figuras escondidas nos bastidores das missões da Agência Espacial Americana.

A Astronauta Anna Fisher foi uma das seis primeiras astronautas mulheres da NASA e a primeira mãe a viajar ao espaço.

São nove mulheres que também conquistaram seu espaço na história da corrida espacial: Eileen Collins, Bonnie Dunbar, Susan J. Helms, Shannon Lucid, Ellen Ochoa, Sally K. Ride, Rhea Seddon, Kathy Sullivan e Kathy Thornton.

Em 2016 a NASA presenciou outro marco para a história das mulheres, quando Charlie Blackwell-Thompson foi nomeada como diretora de lançamento do Programa de Exploração de Sistemas Terrestres, se tornando a primeira mulher a ocupar o cargo no Firing Room-1 do Kennedy Space Center.

Dia do Astronauta: primeira mulher a voar no espaço exterior

Em 16 de junho de 1963, às 10h30, a nave Vostok-6 entrava na órbita terrestre. No seu comando estava Valentina Tereshkova, a primeira mulher a voar ao espaço exterior; Chaika (“gaivota”, em russo) foi o seu codinome naquela missão. Deu 48 voltas em torno da Terra durante 71 horas, mais tempo do que o previsto, por causa de um erro na trajetória da sua nave.

Tereshkova nasceu na aldeia de Bolshoye Maslennikovo, na região central da Rússia, filha de um tratorista e de uma operária têxtil.

Laika: uma cachorra astronauta

A cadela Laika, o primeiro ser vivo a orbitar a Terra a bordo do foguete soviético Sputnik 2, em novembro de 1957, não viveu tanto quanto os soviéticos declararam na época.

As autoridades soviéticas contaram na época que Laika morreu sem sofrer nenhum trauma, cerca de uma semana após o lançamento do foguete.

Mas informações divulgadas recentemente garantem que a cadela morreu de calor e pânico, apenas algumas horas depois do início da missão.

As novas evidências foram reveladas no recente Congresso Mundial Espacial, que aconteceu nos Estados Unidos, por Dimitri Malashenkov, do Instituto para Problemas Biológicos de Moscou.

Astronautas na lua

Neil A. Armstrong, comandante; Michael Collins, piloto do módulo de comando; e Edwin E. Aldrin Jr., piloto do módulo lunar.

A Apollo 11 foi um voo espacial tripulado norte-americano responsável pelo primeiro pouso na Lua.

O comandante Neil Armstrong e o piloto Buzz Aldrin pousaram o módulo lunar Eagle em 20 de julho de 1969 às 20h17min UTC.

Armstrong tornou-se o primeiro ser humano a pisar na superfície lunar seis horas depois já no dia 21, seguido por Aldrin vinte minutos depois.

Os dois passaram aproximadamente duas horas e quinze minutos fora da espaçonave e coletaram 21,5 quilogramas de material para trazer de volta à Terra.

Michael Collins pilotou sozinho o módulo de comando e serviço Columbia na órbita da Lua enquanto seus companheiros estavam na superfície.

Armstrong e Aldrin passaram um total de 21 horas e meia na Lua até reencontrarem com Collins.

Dia do Astronauta |Curiosidades

Mae Jemison: a primeira astronauta negra da NASA e da história

– A NASA criou o site Women@NASA onde compartilha vídeos e história das funcionárias da agência não apenas como esforço para inspirar meninas e mulheres sobre a carreira espacial, mas também para reivindicar mudanças nas políticas que impactam o mercado de trabalho.

– A corrida espacial tripulada teve seu primeiro homem lançado ao espaço em 1961, quando Yuri Gagarin, astronauta russo, foi lançado ao espaço fora da Terra

– É de Yuri Gagarin a famosa frase “A terra é azul”?

– A norte-americana Mae Jemison, em 1992, esteve a bordo da missão STS-47 do ônibus espacial Endeavour. Ela se tornou a primeira astronauta negra da NASA – e da história.

– Em 11 de abril de 2008, um monumento em homenagem a Laika foi inaugurado no centro de Moscou, capital da Rússia. Localizado no Instituto de Medicina Militar, a estátua tem 2 metros de altura e é feita de bronze.

Macaco Albert II foi o primeiro macaco a ser enviado num vôo suborbital, em que a espaçonave sobe a uma altitude suficiente para atingir o espaço, mas não tem velocidade suficiente para ficar girando na órbita da Terra. O pobre bichonauta teve um destino trágico: morreu na aterrissagem

Gata Felix: Há quem diga que Felix, na verdade, era uma gatinha chamada Felicette. Seja como for, o bichano francês foi o primeiro felino a viajar para o espaço. Ele voou com vários eletrodos conectados à cabeça e teve um final feliz: foi recuperado com vida.

Veterok e Ugolyok: Vigiados por equipamentos de vídeo e de telemetria, esses dois cães russos embarcaram na espaçonave Voskhod 3 e permaneceram na órbita terrestre por 22 dias. A dupla estabeleceu um recorde de tempo no espaço que até hoje não foi batido por nenhum outro cachorro

Aranha Arabella: A estação espacial americana Skylab 3 foi, durante 59 dias, o lar de Arabella, uma aranha da espécie Araneus diadematus. Durante sua permanência no espaço, ela não decepcionou e trabalhou incessantemente na construção de uma bela teia.