Siga a Rafale no Facebook

Dia da Infantaria: o que é essa divisão

Dia da Infantaria: o que é essa divisão

Para quem não é muito ligado ao universo militar, ouvir falar em “Infantaria” pode causar algumas dúvidas. Agora, quem já conhece cada divisão das Forças Armadas, com certeza sabe muito bem como os guerreiros agem na infantaria. 

Para tirar as dúvidas daqueles que não estão muito familiarizados com os termos e reforçar para aqueles que estão totalmente ligados às habilidades e propostas de batalha da Infantaria, preparamos um rápido resumo do que significa a divisão que é importante para as batalhas, desde a Grécia Antiga.  

Se você quer descobrir um pouco mais sobre a Infantaria e o universo militar como um todo, continue lendo o texto. 

O que significa a palavra “Infantaria”? 

A palavra infantaria vem do Latim e significar “criança” (infante) depois de criado/adulto (aria). Isso remonta à época da Roma Antiga, em que os soldados da Infantaria eram aqueles que acabaram de entrar para a tropa, já que não havia dado tempo de ele ter o treinamento necessário para estar na cavalaria, que demandava maior preparação. 

Apesar da pouca idade, os soldados da infantaria romana eram extremamente habilidosos, já que eles eram os responsáveis pela famosa Falange. Manobra em que os combatentes montavam uma parede de escudos em formato de tartaruga protegendo a si mesmos e os companheiros ao lado, enquanto utilizavam lanças para atacar. Estratégia que tornava a tropa intransponível.  

E o que faz a Infantaria? 

A infantaria é a divisão do Exército ou da Marinha responsável pela luta a pé. Ou seja, é a linha de frente do combate, servindo para atacar e defender sua tropa.  

A Infantaria costuma ter a maioria do efetivo de homens em uma batalha, com o objetivo de atacar o inimigo causando baixas e atrasar o avanço deles, para que a cavalaria antigamente ou a tropa de tanques ou artilheiros possam executar as ações com mais calma. 

A Infantaria é tão antiga quanto a própria guerra, já que são os guerreiros a pé que são os mais comuns em uma batalha. 

Nas guerras atuais, a Infantaria tem uma proposta mais tática do que nas batalhas da idade média ou antiga. Nas épocas passadas que remontam da Grécia Antiga às duas Guerras Mundiais, a Infantaria atacava diretamente o inimigo. 

E por que o Dia da Infantaria é comemorado em 24 de maio? 

A data foi escolhida em homenagem ao patrono da Infantaria, o Brigadeiro Antônio de Sampaio, comandante da 3ª Divisão do Exército Imperial do Brasil durante a Guerra do Paraguai, em 1810.  

A sua divisão contava com os famosos batalhões Treme-Terra, Arranca-Toco e Vanguardeiro, que até hoje batizam divisões do curso de Infantaria da Academia das Agulhas Negras no Rio de Janeiro.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 13 =