A prática de motocross exige, acima de tudo, o máximo de conforto e segurança na hora da pilotagem. Isso é garantido pelo kit de equipamentos do piloto, cujos principais itens são a vestimenta, a bota para motocross, o capacete, as luvas e o colete.
Independentemente da modalidade, existem pontos chave para que a tranquilidade na hora de pilotar seja total, e todos eles devem ser levados em conta. A respirabilidade da roupa e do capacete e a resistência dos materiais e dos equipamentos são alguns exemplos. Neste artigo, falaremos sobre a bota para motocross. Confira!

O que verificar para descobrir qual a melhor bota para motocross para você

Avaliar os melhores equipamentos para a sua pilotagem é algo extremamente particular e requer testes e pesquisas. Isso porque nem sempre o que é classificado como melhor é o ideal para o seu tipo de pilotagem ou a modalidade praticada.
Veja abaixo alguns aspectos importantes que devem ser pensados na hora de adquirir uma bota:

Fabricação

A maioria das botas para motocross são produzidas com couro e algum tipo de plástico de alta resistência. Essa combinação dá robustez e durabilidade ao calçado, além de auxiliar na proteção do piloto até mesmo na hora da queda.

Fechos

Os mais comuns são os de alumínio e os de plástico. Não existe uma diferença clara entre ambos no que diz respeito à segurança, mas há pilotos que preferem os de alumínio, principalmente pela resistência.
Outra questão é a simplicidade da hora de fechar a bota. O movimento deve ser rápido e fácil, sem forçar.

Solado

Solados costurados normalmente apresentam uma única peça, diferentemente dos injetados, que trazem opções com duas densidades. Em algumas botas, a sola é dividida em partes: uma, mais ao centro, feita com um material mais rígido, que ajuda o piloto a manter a aderência à pedaleira; outra, mais macia, que auxilia a estabilidade na hora de caminhar em diferentes tipos de solo.

Sistemas de segurança

Alguns modelos de bota apresentam sistemas que ajudam a evitar torções, principalmente no tornozelo. Isso pode estar presente no próprio calçado, pelo lado de fora, como os sistemas de gaveta, ou em uma “ankle boot” interna, que reforça ainda mais a segurança do piloto.

Peso

Com materiais resistentes e diversos itens de segurança, é comum que as botas para motocross sejam um pouco mais pesadas. Por isso, é importante encontrar uma que atenda suas necessidades, mas não incomode na hora de pilotagem. O peso médio costuma variar entre dois e cinco quilos.
Gostou das dicas de bota para motocross? Confira mais no blog da Rafale Calçados!